CBH - Estatuto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CBH - Estatuto

Mensagem por leonardo14452 em Sex Jan 22, 2016 7:34 pm

              O ESTATUTO DO CORPO DE BOMBEIROS HABBIANO © 

CAPÍTULO I ® PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS E REGRAS BÁSICAS 

Artigo 01: Todo membro da empresa deve seguir e respeitar as leis da Habbo Etiqueta.

Artigo 02: Todo membro da empresa deve ter um valor ético incorruptível, sendo digno, justo,

fiel, respeitoso e eficiente.

Artigo 03: Policiais que cometam atos de traição, conspiração, corrupção e atos antiéticos

graves, serão punidos com banimento por tempo indeterminado da empresa .

Artigo 04: Policiais que tenham grupos de outras empresa em seu perfil serão demitidos sem

aviso prévio.

Artigo 05: É proibido ficar em modo offline, policiais que façam isso serão demitidos sem aviso

prévio.

Artigo 06: Todo policial da empresa CBH deve ser membro de pelo menos 1 grupo central.

Artigo 07: O respeito é um dos valores éticos que devem fazer parte do caráter de todo o

funcionário da empresa . Um superior deve se dirigir ao seu subordinado com Patente +

Nickname e um subordinado deve se dirigir ao seu superior com Senhor + Nickname. Policiais

que não cumpram essa regra estão sujeitos a advertência por desacato.

CAPÍTULO II ® HIERARQUIA E CADEIA DE COMANDO 

Artigo 01: A hierarquia militar é a base da organização da polícia e compõe a cadeia de comando

a ser seguida por todos os integrantes da mesma em sua estrutura organizacional.

Artigo 02: Hierarquia militar da polícia:

­ Fundador. 


­ Diretor­Fundador. 


­ Diretor. 


­ Inspetor­Chefe. 


­ Inspetor. 


­ Coronel. 


­ Tenente­Coronel. 


­ Major. 


­ Capitão.


­ Tenente. 


­ Aspirante­à­Oficial.


­ Cadete. 


­ Sub­Tenente.


­ Sargento.


­ Cabo.


­ Soldado.


­ Bombeiro. 

Artigo 03: A hierarquia também é dividida em classes, sendo elas: inferiores, praças, oficiais,

superiores e diretoria.

Artigo 04: Bombeiros, soldados, cabos, sargentos compõe o corpo de inferiores.

Artigo 05: Subtenentes, cadetes e aspirantes à oficial compõe o corpo de praças.

Artigo 06: Tenentes, capitães, majores, tenentes­coronéis, coronéis compõe o corpo de oficiais.

Artigo 07: Inspetor e inspetor­chefe compõe o corpo de superiores.

Artigo 08: Diretores, diretores­fundadores e fundador compõe a diretoria.

CAPÍTULO III ® CORPO EXECUTIVO 

Artigo 01: Os cargos pagos são policiais fundamentais para o desenvolvimento e a prosperidade

da polícia, eles compõe o corpo executivo e trabalham de igual para igual com o corpo militar.

Artigo 02: Cada cargo executivo possui uma equivalência na hierarquia militar, assim como cada

cargo militar possui uma equivalência na hierarquia executiva, sendo elas:

­ Líder = Diretor. 


­ VIP = Inspetor­Chefe. 


­ Delegado = Inspetor. 


­ Escrivão = Coronel. 


­ Embaixador = Tenente Coronel. 


­ Coordenador Geral = Major. 


­ Coordenador = Capitão. 


­ Delegado = Tenente. 


­ Investigador = Aspirante á Oficial.


­ Advogado = Cadete. 


­ Agente Geral = Sub Tenente. 


­ Agente = Sargento. 


­ Sócio = Cabo. 

Artigo 03: Cada cargo pago possui um preço distinto, sendo eles:

­ Líder ­ 1.000 câmbios. 


­ VIP ­ 800 câmbios. 


­ Delegado ­ 500 câmbios.


­ Escrivão ­ 300 câmbios. 


­ Embaixador ­ 150 câmbios. 


­ Coordenador Geral 100 câmbios. 


­ Coordenador ­ 70 câmbios. 


­ Delegado ­ 50 câmbios. 


­ Investigador ­ 35 câmbios. 


­ Advogado ­ 20 câmbios. 


­ Agente Geral ­ 15 câmbios. 


­ Agente ­ 10 câmbios. 


­ Sócio ­ 05 câmbios. 


CAPÍTULO IV ® TREINAMENTOS.

Artigo 01: Os treinamentos são especializações que os policiais devem concluir para aprimorar

suas habilidades dentro da empresa.

Artigo 02: A maioria das patentes precisam concluir um treinamento específico, sendo elas.

Curso de Formação de Soldado. [CFS] 

Quem recebe? Bombeiros.

Quem aplica? Instrutores com patente acima de Asp­à­Oficial.

Curso de Formação para Alavancas. [CFA] 

Quem recebe? Cabos.

Quem aplica? Instrutores com patente acima de Asp­à­Oficial.

Curso de Bombeiros para Sargentos. [CBS] 

Quem recebe? Sargento.

Quem aplica? Instrutores com patente acima de Asp­à­Oficial.

Curso de Especialização para Comando. [CEC] 

Quem recebe? Sub­Tenente.

Quem aplica? Instrutores com patente acima de Asp­à­Oficial.

Curso de Pré­Formação de Oficiais. [CPO] 

Quem recebe? Asp­à­Oficial.

Quem aplica? Instrutores com patente acima de Tenente.

Curso de Bombeiros para Oficiais. [CBO] 

Quem recebe? Tenente.

Quem aplica? Instrutores com patente acima de Capitão.

Cursos de Especialização de Oficiais. [CEO] 

Quem recebe? Major.

Quem aplica? Instrutores com patente acima de Tenente­Coronel.

Formação de Oficiais Especializados. [FOE] 

Quem faz? Coronel.

Quem avalia? Diretoria.

Artigo 03: Ao concluir um treinamento, o policial deverá adicionar uma sigla a sua missão.

*Exemplo1: Gabriel é cabo e passou no CFA, a missão dele será: [CBH] Cabo [00/00] [CFA]

*Exemplo2: Mariazinha é tenente e passou no CBO, a missão dela será: [CBH] Tenente [00/00]

[CBO]


*Observação: Bombeiros e Soldados são os únicos que não precisam usar a sigla do treinamento na missão. 

CAPÍTULO V ® SISTEMA DE PROMOÇÕES [Azul]

Artigo 01: Policiais dignos, merecedores e que tenham todos os requisitos mínimos, estão aptos

a promoção.

Artigo 02: Promoções por nepotismo são extremamente proibidas, policiais que cometam esse

crime serão punidos severamente.

Artigo 03: Cada patente possui requisitos mínimos para ser alcançada, sendo eles:

Bombeiro à Soldado: 

» Passar no treinamento CFB.

Soldado à Cabo:

» Ter uma escrita razoável;

» Ser educado;

» Ter um alistamento razoável;

Cabo à Sargento: 

» Ter uma boa escrita;

» Ser bastante educado;

» Ter um bom alistamento;

» Ter uma operação nas alavancas razoável;

» Possuir o treinamento CFA;

» Ter no mínimo 1 dia como cabo.

Sargento à Sub­tenente: 

» Ter uma ótima escrita;

» Ser muito educado;

» Ter um ótimo alistamento;

» Ter uma boa operação na alavancas;

» Ter um bom comando na recepção;

» Possuir o treinamento CBS;

» Ter no mínimo 3 dias como sargento.

Sub­tenente à Cadete: 

» Ter uma excelente escrita;

» Ser muito educado e respeitoso;

» Ter uma ótima operação nas alavancas;

» Ter um ótimo comando na recepção;

» Ter um bom comando nas alavancas;

» Ter um bom comando no O.G.

» Saber se dirigir aos superiores e inferiores;

» Possuir o treinamento CEC;

» Ter no mínimo 5 dias como sub­tenente.

Cadete à Aspirante à Oficial: 

» Ter uma postura exemplar;

» Saber se dirigir aos inferiores e aos superiores adequadamente;

» Ter um excelente comando na recepção e nas alavancas;

» Ter um ótimo comando no O.G.

» Ser Auxiliar de Instrutores.

» Ser participativo em rondas e eventos;

» Ter no mínimo 7 dias como cadete.

Aspirante à Oficial à Tenente:

» Ter uma postura erudita, justa e inspiradora;

» Ser extremamente respeitoso com todos policiais, não importando a patente;

» Ter um excelente comando no O.G e um ótimo comando no O.B.

» Ser muito ativo em base;

» Ser guia;

» Possuir o treinamento CPO;

» Ter no mínimo 10 dias como aspirante­à­oficial.

Tenente à Capitão: 

» Saber impor ordem nos policiais;

» Ser um excelente guia;

» Ter um excelente desempenho em todos os setores da base;

» Ser muito participativo em rondas, eventos e reuniões;

» Ser extremamente ativo em base e em suas funções extras;

» Possuir o treinamento CBO;

» Ter no mínimo 10 dias como tenente.

Capitão à Major: 

» Saber agir com justiça e imparcialidade em qualquer situação;

» Saber separar a vida pessoal da virtual;

» Não misturar amizade com trabalho;

» Ser membro de alguma atividade extra;

» Ter no mínimo 14 dias como capitão.

Major à Tenente - ­Coronel: 

» Impor respeito e ordem com extrema destreza;

» Saber receber ordens;

» Respeitar e reconhecer o estatuto como um conjunto de leis que nunca deve ser

desrespeitado;

» Ser firme e educado ao dar ordens;

» Ter um bom comando no O.C (Se possuir direitos);

» Possuir o treinamento CEO;

» Ter no mínimo 20 dias como major.

Tenente - ­Coronel à Coronel: 

» Contribuir com projetos e ideias regularmente;

» Ser sério e formal em base.

» Ser muito eficiente em todas as suas funções;

» Possuir uma honra incorruptível;

» Ter no mínimo 20 dias como tenente - ­coronel.

Coronel à Inspetor: 

» Ser muito participativo em reuniões;

» Contribuir 100% para com a polícia;

» Ter maturidade e responsabilidade;

» Ter ética;

» Fazer da polícia seu local prioritário;

» Ser aprovado no FOE;

» Ter no mínimo 30 dias como coronel.

Inspetor á Inspetor - ­Chefe: 

» Ser o cérebro da polícia;

» Passar na observação;

» Ter no mínimo 40 dias como inspetor.

Inspetor­ - Chefe á Diretor: 

» Ser o cérebro da polícia;

» Passar na observação;

» Ter a confiança do Fundador;

» Ter no mínimo 50 dias como inspetor - ­chefe.

Diretor á Diretor - ­Fundador: 

» Ser o cérebro da polícia;

» Passar na observação;

» Ter a confiança do Fundador;

» Ter no mínimo 60 dias como Diretor.

Artigo 04: Policiais que forem promovidos sem possuir os requisitos terão sua promoção

cancelada e o promotor punido com advertência.

Artigo 05: Apenas a Direção tem permissão de promover ou autorizar a promoção de um policial

que não tenha os requisitos mínimos.

Artigo 06: Não são todos os policiais que podem promover, somente a partir de tenente.

Quem promove quem?

Tenente promove até cabo. 


Capitão promove até sargento. 


Major promove até subtenente. 


Tenente - ­Coronel promove até cadete. 


Coronel promove até aspirante à oficial. 


Inspetor promove até tenente. 


Inspetor­ - Chefe promove até major. 


Diretor promove até inspetor - ­chefe. 


Diretor - ­Fundador promove até diretor

CAPÍTULO VI ® SISTEMA DE PUNIÇÕES 

Artigo 01: As punições são: apresentar armas, advertência, rebaixamento, demissão e

banimento.

Artigo 02: Apenas coronéis acima podem punir com o apresentar armas.

Artigo 03: Apenas generais acima podem punir com a advertência.

Artigo 04: Apenas inspetores acima podem punir com o rebaixamento.

Artigo 05: Apenas inspetores - ­chefe acima podem punir com a demissão.

Artigo 06: Apenas a diretoria acima pode punir com o banimento.

Artigo 07: Apenas subtenentes acima podem receber uma advertência.

*Recomendação: Para soldados, cabos e sargentos, aplique o apresentar armas.


Artigo 08: Toda punição deve ser postada no tópico correto, caso não haja provas suficientes, ela

pode ser cancelada.

Artigo 09: Use trechos do estatuto para reforçar seus argumentos e apresente provas claras.

Artigo 10: Policiais que apliquem uma punição injusta serão advertidos.

CAPÍTULO VII ® ATIVIDADES EXTRAS 

Artigo 01: As atividades extras são de extrema importância para o progresso e a prosperidade de

nossa empresa.

Artigo 02: Cada um dos grupos possui responsabilidades distintas, sendo elas:

Supervisores de Promoções: Supervisionam os grupos da polícia e os relatórios de aulas,

promoções, advertências, rebaixamentos, demissões e treinamentos com o intuito de achar e

corrigir irregularidades.

Patrulheiros: Coordenam rondas em quartos públicos, onde divulgam sobre a polícia e sobre a

Habbo Etiqueta.

Instrutores: Aplicam treinamentos e formam policiais cada vez mais preparados para tudo.

Recursos Humanos: Supervisionam toda a empresa corrigindo todos os erros.

*Observação: As patrulhas ocorrem toda a sexta-­feira pela tarde e noite. 


Supervisores de promoções:

» Ter no mínimo a patente de tenente;

» Ter muita atenção e responsabilidade;

» Possuir tempo disponível para os relatórios;

» Ser eficiente e ter um amplo conhecimento sobre o estatuto.

Patrulhas: 

» Ter no mínimo a patente de subtenente;

» Ser muito comunicativo e ativo;

» Ter um amplo conhecimento da Habbo Etiqueta;

» Conseguir animar e motivar os policiais durante a patrulha.

Recrusos Humanos: 

» Ter no mínimo a patente de Capitão;

» Ter um amplo conhecimento do estatuto;

» Ser muito proficional;

» Ser justo e confiavel.

Instrutores: 

» Ter no mínimo a patente de aspirante­à­oficial;

» Ser dedicado e comunicativo;

» Saber se expressar e explicar o conteúdo de várias maneiras;

» Ser paciente com os alunos.

Artigo 04: Não são todos os instrutores que podem aplicar todos os treinamentos, assim como a

capítulo IV, artigo 2 exige.

Artigo 05: Assim como nos treinamentos, os membros de atividades extras também usam

estrelas para serem identificados, sendo elas:

Estrela vermelha: Supervisor de Promoções.

Estrela laranja: Patrulheiros

Estrela rosa: Recusos Humanos.

Estrela branca: Instrutores

Artigo 06: Membros de atividades extras também devem usar siglas na missão, sendo elas:

Lp = Líder de Promoções.

V.Lp = Vice­Líder de Promoções.

A.Lp = Auxiliar do Líder de Promoções.

Sp = Supervisor de Promoções.

L.i = Líder de Instrutores.

V.Li = Vice­Líder de Instrutores

A.Li = Auxiliar do Líder de Instrutores

I = Instrutores.

A.i = Ajudante de Instrutores

L.Pt = Líder de Rondas.

V.Lpt = Vice­Líder de Rondas.

A.Lpt = Auxiliar do Líder de Rondas.

C.Pt = Coordenador de Ronda.

M.Pt = Membro de Ronda.

L.Rh = Líder dos Recursos Humanos.

V.Lrh = Vice­Líder dos Recursos Humanos.

A.Lrh = Auxiliar do Líder dos Recursos Humanos.

M.Rh = Membro dos Recursos Humanos.

L.Cp = Líder dos Cargos Pagos.

V.Lcp = Vice­Líder dos Cargos Pagos.

A.Lcp = Auxiliar do Líder dos Cargos Pagos.

A.Cp = Auxiliar de Cargos Pagos.

CAPÍTULO VIII ® PROCEDIMENTOS DO QUARTEL­GENERAL 

Artigo 01: Todo policial deve entrar com missão, uniforme e emblema da patente favoritado ao

entrar no quartel­general, caso contrário será advertido.

Artigo 02: Palavrões, insultos ou qualquer tipo de palavras de baixo calão não serão tolerados,

resultando em advertência para os que não respeitarem essa regra.

Artigo 03: É proibido dançar, sentar no chão, usar efeitos e/ou levantar placas no quartel­general.

Artigo 04: Nunca floode ou inunde a tela no quartel­general e/ou em qualquer quarto oficial.

Artigo 05: Nunca entre em algum setor sem permissão do O.G e nunca saia de um setor sem

permissão do O.B.

Artigo 06: O quartel­general é dividido em vários setores, sendo eles:

*A) Pátio.

*B) Recepção.

*C) Alavancas.

*D) Salinha de Recrutas.

*E) Sala de Comandos.

*F) Sala de Ausências.

*G) Área dos Teleportes.

*H) Área VIP.

Artigo 07: O Oficial de Guarda é o comando à direita do O.C, tem a função de atender as dúvidas

e permissões dos policiais que estão no pátio e de distribuí­los pelos setores da base quando

preciso.

Artigo 08: O Oficial de Base é o comando à esquerda do O.C, tem a função de atender as

dúvidas e permissões dos comandos das recepções, alavancas e salinha de recrutas.

Artigo 09: O Oficial de Comando é comando do centro, tem a função de coordenar o O.G e O.B,

abrir portas, expulsar intrusos/infratores e manter a base em perfeitas condições.

Artigo 10: Soldados acima podem trabalhar nas recepções. Sargentos/Agentes com CBS acima

podem comandar as recepções.

Artigo 11: Cabos/Sócios com CFA acima podem trabalhar nas alavancas. Subtenentes/Agente

Geral com CEC acima podem comandar as alavancas.

Artigo 12: Sargentos/Agentes com CBS acima podem comandar a salinha de recrutas.

Artigo 13: Soldados acima podem utilizar a sala de ausências.

Artigo 14: Inspetores/VIP acima podem utilizar área VIP.

Artigo 15: Cada comando deve usar uma cor de balão específica, para melhor identificação,

sendo elas:

*A) Oficial de Guarda: Balão amarelo.

*B) Oficial de Base: Balão azul.

*C) Oficial de Comando: Balão vermelho.

*D) Comando da recepção: Balão cinza.

*E) Comando das alavancas: Balão cinza.

*F) Comando da salinha de recrutas: Balão cinza.

Artigo 16: Todos os três comandos centrais (O.G/O.B/O.C) devem divulgar a página e grupo do

facebook, twitter, horários de rondas, eventos e etc.

*Exemplo: CURTA NOSSA PÁGINA E ENTRE EM NOSSO GRUPO NO FACEBOOK: POLÍCIA


CBH. 

CAPÍTULO IX ® SISTEMA DE AUSÊNCIAS 

Nem sempre temos disponibilidade para concluir nossas responsabilidades na polícia, certo?

Saiba como garantir seu cargo nessas situações.

Artigo 01: Apenas policiais com a patente de subtenente/investigador acima podem solicitar um

aval.

Artigo 02: Apenas policiais com a patente de diretor acima podem conceder um aval.

Artigo 03: O tempo máximo em que um policial pode ficar de aval, são 30 dias.

Artigo 04: Cabos/analistas e sargentos/agentes com 7 dias de ausência são demitidos, sem aviso

prévio.

Artigo 05: Subtenentes/investigadores à Inspetores­Chefes/staffs gerais com 3 dias de ausência

sem aval são advertidos, com 5 dias de ausência sem aval, são demitidos.

Artigo 06: Diretores acima podem ficar sem entrar por tempo indeterminado, mas sem abusar

desse privilégio e sem deixar de cumprir com suas responsabilidades.

CAPÍTULO X ® OFICIAIS REFORMADOS 

Não tem mais tempo para se dedicar a polícia e cumprir suas responsabilidades? Não se

preocupe! Com o sistema de oficiais reformados você pode continuar frequentando a polícia

sempre que possível. uma prova de que a polícia CBH preza, reconhece e dá muito valor a

nossos veteranos que lutaram tanto pela polícia nas gerações passadas.

Artigo 01: Os oficiais reformados são policiais que não tem mais tempo para se dedicar ao jogo,

mas continuam frequentando a polícia sempre que possível.

Artigo 02: Para se tornar um oficial reformado o policial não pode ser um jogador ativo e deve ter

mínimo 3 meses de carreira.

Artigo 03: Apenas tenentes acima podem se tornar oficiais reformados.

Artigo 04: Ao se tornar um oficial reformado, o policial deverá utilizar uma missão específica.

*Exemplo: O tenente fulano se tornou um oficial reformado, a missão dele será: [CBH] Oficial

Reformado [Tenente].

*Exemplo2: O coronel sicrano se tornou um oficial reformado, a missão dele será: [CBH] Oficial

Reformado [Coronel].

*Exemplo3: O diretor beltrano se tornou um oficial reformado, a missão dele será: [CBH] Oficial

Reformado [Diretor].

Artigo 05: O oficial reformado não pode voltar a ativa antes de ficar no mínimo 90 dias de oficial

reformado.

Artigo 06: Caso se encaixe em todos os requisitos acima, procure pela presidência.

CAPÍTULO XI ® DIREITOS 

Artigo 01: Não são todos os policiais que estão aptos a ter direitos, apenas os que possuírem a

confiança da diretoria e a autorização da maior parte.

Artigo 02: Tente­Coroneis com confiança podem ter direitos até subtenente.

Artigo 03: Coroneis com confiança podem ter direitos até aspirante à oficial.

Artigo 04: Inspetores com confiança podem ter direitos até major.

Artigo 05: Inspetores­Chefes com confiança podem ter direitos até coronel.

Artigo 06: Diretores com confiança podem ter direitos até inspetor­chefe.

Artigo 07: Diretores fora da observação e com autorização da presidência podem ter direitos em

todos os grupos.

Artigo 08: Policiais que abusem dos direitos serão punidos com a perda imediata deles, podendo

também serem advertidos, rebaixados ou até demitidos, dependendo da situação.

Estatuto criado por .!.Halls.!.. e revisado e autorizado por adam063. 

Atencionsamente, Corpo de Bombeiros Habbiano.

leonardo14452

Mensagens : 5
Data de inscrição : 20/01/2016
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum